sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Pra 2013 ? Muita esperança...



'Esperança'

Mário Quintana


Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...


Texto extraído do livro "Nova Antologia Poética", Editora Globo - São Paulo, 1998, pág. 118.


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

E o Natal foi tudo de bom !

Adoro o Natal ! Desde os preparativos até o último momento...
Aqui fazemos a ceia do dia 24 e o almoço no dia 25. A ceia é sempre com poucas pessoas, pois a familia não é tão grande... mas, ainda assim é sempre muito caprichada.
O almoço do dia 25 é o oposto: a casa fica cheia ! Esse ano tivemos novos convidados: o novo marido da minha ex cunhada e a Alexia (siiiiiiim, eles tbm vieram pra celebrar conosco).
E graças a Deus, como acontece todos os anos, foi de muita saúde, harmonia, paz, fartura e amor no coração. O aniversariante é Jesus, mas Ele é quem nos presenteia com tantas bençãos.






Foto 1: a janela da frente de casa;
Foto 2: a nossa árvore. Acho a coisa mais triste uma casa sem árvore de Natal nessa época. Amo decorar a casa, embalar e arrumar os presentes, que graças a Deus, sempre tem pra todos.
Foto 3: uma das sobremesas: torta de café... todo mundo adora.
Foto 4: Fiz esses porta guardanapos em feltro pra decorar nossa mesa.


segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Feliz Natal !

Que o aniversariante do dia 25 possa abençoar a vida de cada um com paz, saúde, alegria, suce$$o.
Que haja sempre esperanças para recomeçar !
Feliz Natal !


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Feliz Nataaaal !

Não posso dizer que 2012 tenha sido um ano fácil pra mim... muito pelo contrário !
Foi um ano complicado em quase todos os aspectos. A vida se esmerou nas 'rasteiras' desse ano...
Mas, penso que as dificuldades servem para nos aprimorar. Tem um ditado que gosto muito, que diz assim: 'Somente o mar agitado forma bons marinheiros'.
E 2012 foi exatamente assim pra mim: um mar agitado e bravio.
Mas saio dele mais forte, mais serena, mais confiante na minha capacidade de seguir em frente.
Apesar de tudo, estou aqui... e pronta para as novas 365 oportunidades que 2013 me reserva.

Não vou ter tempo de passar mais por aqui antes do Natal, então aproveito pra desejar a todos que me visitam um Natal iluminado e cheio de paz.
Que 'Papai Noel' deixe debaixo da sua árvore, a realização de seus sonhos mais especiais.
Muita saúde e felicidades pra todos (as) vocês !
Um beijo com carinho.




terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Chuva, Natal e costurinhas...

Aproveitando o recesso do final de ano e as tardes chuvosas, fiz algumas lembrancinhas para dar para aquelas pessoas com as quais estamos em contato o ano inteiro: vizinha legal, filhas da amiga, amiga da mãe, enfim... 
Aqui, mostro algumas das coisas que já fiz. Tem mais até a semana que vem...*Ü*

(Nas fotos: bonecas na caneca de porcelana e corujinhas sachês).






sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Tapioca

Quem não é do norte ou nordeste, certamente não conhece a farinha de tapioca.
Pra nós daqui, é algo comum (e gostoso).

É mais um subproduto da mandioca.
Gosto um pouco parecido com o sagu, com a consistência de 'isopor'...
Utilizada pura, misturada ao açaí ou ao creme de abacate... bem geladinhos, tornam-se irresistíveis.

E também é bastante usada para sobremesas, como bolos, pudins, sorvetes,etc.

Toda semana tomo uma ou duas vezes um sorvetinho de tapioca...
Nesse calorão, ô coisa boa ! rs
Essa semana polvilhei canela em pó sobre meu sorvete de tapioca.
Ficou uma delicia ! Recomendo !


Aqui, uma foto dessa delicia:


Essa postagem me lembrou de uma história engraçada que aconteceu com uns antigos vizinhos: uma das filhas morava em Israel, e eles iam sempre visitá-la. Até que em uma dessas viagens, resolveram inovar levando na mala alguns sacos com farinha de tapioca, pra presentear a filha e amigos israelenses.
Precisaram trocar de avião em Bruxelas. E em um desses 'sorteios' que fazem para vistoriar a bagagem, a deles foi premiada.
Resultado: quaaaaase foram presos... pois não sabiam explicar o que era 'aquilo branco' dentro da mala... rs rs

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Para colorir a vida

Na adolescência, ouvi bastante essa música... acho linda !
Depois que conheci a tradução, passei a gostar ainda mais.



La Vie En Rose 

Des yeux qui font baisser les miens,
Un rire qui se perd sur sa bouche.
Voila le portrait sans retouche,
De l'homme auquel, j'appartiens,

Quand il me prend dans ses bras
Il me parle tout bas,
Je vois la vie en rose.

Il me dit des mots d'amour,
Des mots de tous les jours,
Et ça me fait quelque chose.

Il est entré dans mon coeur
Une part de bonheur
Dont je connais la cause.

C'est lui pour moi,
Moi pour lui dans la vie,
Il me l'a dit, m'a juré pour la vie.

Et, dès que je l'apercevois
Alors je sens dans moi
Mon coeur qui bat,

Des nuits d'amour à ne plus en finir
Un grand bonheur qui prend sa place
Des enuis des chagrins s'effacent
Heureux, heureux en mourir.

Quand il me prend dans ses bras,
Il me parle tout bas,
Je vois la vie en rose.

Il me dit des mots d'amour,
Des mots de tous les jours,
Et ça me fait quelque chose.

Il est entré dans mon Coeur,
Une part de bonheur,
Dont je connais la cause.

C'est toi pour moi,
Moi pour toi dans la vie,
Il me l'a dit, m'a juré pour la vie.

Et, dès que je l'apercevois
Alors je sens dans moi
Mon coeur qui bat.

Lalalala Lalalala
La La La La


Agora, a tradução:


A vida cor de rosa 

Olhos que fazem baixar os meus
Um riso que se perde em sua boca
Aí está o retrato sem retoque
Do homem a quem eu pertenço

Quando ele me toma em seus braços
Ele me fala baixinho
Vejo a vida cor-de-rosa

Ele me diz palavras de amor
Palavras de todos os dias
E isso me toca

Entrou no meu coração
Um pouco de felicidade
Da qual eu conheço a causa

É ele para mim, eu para ele
Na vida, ele me disse
Jurou pela vida

E desde que eu o percebo
Então sinto em mim
Meu coração que bate

Noites de amor a não mais acabar
Uma grande felicidade que toma seu lugar
Os aborrecimentos e as tristezas se apagam
Feliz, feliz até morrer

Quando ele me toma em seus braços
Ele me fala baixinho
Eu vejo a vida em rosa

Ele me diz palavras de amor
Palavras de todos os dias
E isso me toca

Entrou no meu coração
Um pouco de felicidade
Da qual eu conheço a causa

É ele para mim, eu para ele
Na vida, ele me disse
Jurou pela vida

E desde que eu o percebo
Então sinto em mim
Meu coração que bate


E a música linda, na versão da Carla Bruni:

http://www.youtube.com/watch?v=VgvmRT9e9dI




domingo, 9 de dezembro de 2012

...




' No final serei feliz, porem antes a vida me ensinará a ser forte... '


# Sobre a desabilitação dos comentários... este blog é um pedaço da minha alma que, ora quer conversar, ora quer cantar, ora não quer absolutamente nada.
Aqui é o meu caderno de rascunhos, onde guardo pensamentos, histórias de mim , minhas alegrias , tristezas e às vezes, meus instantes de solidão...
Não preciso de hostilidade por aqui também.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

A bruxa, o arroz colorido e o sino de vento...

Tenho uma amiga que sempre disse que me achava 'meio bruxa'... seja pela intuição aguçada, pelas coisas que eu digo e que costumam acontecer depois, pelo jeito observador, etc.

Depois que contei a ela que no dia em que nasci deu um vendaval daqueeeles, que destelhou casas, derrubou muros e a torre de tv da cidade... ela tem agora absoluta certeza de que sou mesmo uma bruxa ! rs rs rs

Sempre me achei um tanto 'bruxa' pelo fato de gostar de natureza, de cheiro de mato, de aromas , de trabalhar com as mãos, de sinos de vento, de chuva e ventanias, da alquimia dos temperos, de gostar de ervas, de cravo e canela...
E se isso é ser bruxa, que assim seja então... rs

E hoje no caldeirão da bruxa, teve arroz colorido com bacon:


Digo que esse arroz é quase um risoto... cebola picadinha, pimentão em cubinhos, cenoura ralada, ervilhas e bacon.
Cozinha-se o arroz normalmente com os temperos (se quiser colocar um cubo de caldo de carne ou costela daqueles de caixinhas, também fica muito bom).
À parte, frito o bacon e a cebola picada e acrescento depois do arroz pronto.
se gostar, sirva com rodelos de ovo cozido e salpique com queijo ralado. Pode ser um prato único.

E já que comentei de sinos de vento...


Amo esses sininhos e os sons que eles fazem. Aqui em casa temos três... e ainda quero colocar mais uns dois. Esse da foto é bem antigo, trouxemos ainda da outra casa. Tem no mínimo, uns 13 anos.
Até aqui no blog tem um... já viram ?
Uma senhora conhecida minha, dizia não gostar desses sinos porque acreditava que o tilintar deles trazia tristezas...
Eu já acredito no contrário !


E pra encerrar o post de hoje, uma foto de uma das lindas rosas da minha mãe...
Amo plantas com flores ! Aqui em casa temos rosas, bougainville  , laços de amor e outras que nem sabemos o nome. O jardim é pequeno, mas está sempre florido.

Bom, por hoje é só.
Uma boa noite e uma ótima quinta ! *Ü*

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

...

' De que me adianta temer o que já aconteceu ?
O tempo do medo já aconteceu , agora, começa o tempo da esperança... '
(Paulo Coelho)


(Imagem via Facebook).

sábado, 1 de dezembro de 2012

Bem vindo Dezembro !


O Natal já chegou por aqui !
Apesar da casa ainda não estar toda pronta (ainda falta terminar a pintura da frente e da garagem), mas a sala já está OK, então hoje demos inicio à decoração...

Montamos a árvore e colocamos a guirlanda.

Falta agora a decoração  das janelas, as argolas para guardanapos, os castiçais, toalha da mesa, definir o cardápio, enfim... amooo tudo isso !
Aos poucos vou postando aqui as fotos.

Beijo e bom fim de semana !

(P.S: gostaram do cabeçalho natalino do blog ?).